• Laura Gris

Um dia…

Um dia, descobrimos que se apaixonar é inevitável. Um dia, percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples. Um dia, percebemos que o comum não nos atrai. Um dia, saberemos que ser classificado como o “bonzinho” não é bom. Um dia, percebemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você. Um dia, saberemos a importância da frase: “Tu te tornas eternamente responsável por aquilo que cativas…”. Um dia, perceberemos que somos muito importante para alguém, mas não damos valor a isso. Um dia, perceberemos como aquele amigo faz falta, mas aí já é tarde demais.

Enfim… um dia, descobriremos que apesar de viver quase um século, esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer tudo o que tem que ser dito…

O jeito é: ou nos conformamos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutamos para realizar todas nossas loucuras…

Autor desconhecido (por mim, pelo menos!)

0 visualização0 comentário

Posts recentes

Ver tudo

E o Santander que leva a culpa…

Nacionalismo canhestro de Merval Pereira “De duas, uma: ou há uma conspiração internacional contra o Brasil, ou o governo brasileiro está flertando perigosamente com o perigo, alheio às advertências q

  • Ícone do Twitter Branco
  • Branca Ícone LinkedIn

© 2019 por AntBuzz - Porque somos humanos